Você leria o livro da sua vida? Confira a caixa de março do intrínsecos

O livro de Líbero, de Alfredo Nugent Setubal

O LIVRO

E se você pudesse ler o livro da sua vida? E se com isso descobrisse que cada pequena escolha no presente abre um novo universo de possibilidades?

Essas são apenas algumas das questões desafiadoras que surgirão para o personagem que dá nome a O livro de Líbero, romance enviado na caixa de março do intrínsecos.

O jovem “redator-repórter-editor-chefe-júnior” da Gazeta de Pausado é escolhido ― junto com seu fiel escudeiro, Rubio ― para cobrir a chegada do Circo Bosendorf àquela que talvez seja a menor cidade do mundo. Líbero estava preparado para encontrar palhaços, equilibristas e mulheres barbadas, mas não um homem misterioso que colocaria em suas mãos o livro de sua vida. Confrontado a decidir se quer ou não ter o conhecimento sobre o próprio destino, o menino logo descobrirá que depois desse encontro a vida nunca mais será a mesma.

Além de uma narrativa fascinante, O livro de Líbero também é um marco importante na história do intrínsecos por ser o primeiro de um autor brasileiro enviado aos nossos assinantes. Com formação em cinema, escrita criativa e fotografia, Alfredo Nugent Setubal é o responsável por criar a pequena cidade de Pausado ― com suas ruas e personagens pitorescos, remontando ao cenário de uma típica cidade do interior do Brasil ― e por nos levar pelas escolhas de Líbero e suas consequências.

A criatividade do escritor e a paixão pelos livros estavam tão presentes no manuscrito, que não tivemos dúvidas: os intrínsecos deveriam ser os primeiros a se aventurar nesse universo. Afinal, quem mais do que os assinantes de um clube de livros mereceria ser presenteado em primeira mão com uma narrativa que, acima de tudo, fala do poder transformador das histórias?

 

A REVISTA

“Para Líbero Perim, dormir era algo parado no tempo. O fundo do mar deve ser assim…” Arte de Sandra Cinto criada exclusivamente para a intrínsecos 018.

Nossa edição 018 festeja um marco do intrínsecos: a estreia de um autor brasileiro no clube, e ainda publicando seu primeiro livro. Apaixonado por palavras, imagens e pelas narrativas que podemos criar com elas, Alfredo Nugent Setubal nos apresenta o romance nascido de um conto que escreveu na adolescência e por mais de dez anos foi burilado até se tornar o livro que todos lemos.

Na revista de março de 2020 falamos sobre como as histórias, bem como os artifícios para criá-las, têm o poder de nos encantar. Socorro Acioli escreve sobre os lugares inventados para onde os livros nos transportam e dos quais não queremos mais voltar. Nathan Fernandes faz um apanhado de causos sobre grandes escritores e o momento em que seus livros foram lidos pela primeira vez.

Pensando nas várias maneiras possíveis de se compartilhar histórias, a pesquisadora Teresa Bastos nos convida a refletir sobre as que contamos sobre nós mesmos quando olhamos para a câmera e fazemos uma selfie; a artista plástica Sandra Cinto nos mostra que uma mesma história — no caso, a de Líbero — pode ser contada tanto com palavras quanto com traços e cores. Finalmente, para viajar sem sair de casa, o leitor passeia por uma lista com algumas das mais fabulosas cidades perdidas, feita por Carla Lencastre.

 

MARCADOR E CARTÃO-POSTAL

O cartão-postal revela a arte de capa da obra que chegará às livrarias pelo menos 45 dias após o clube, em uma edição diferente, sem o acabamento especial da edição do intrínsecos.

 

O BRINDE

Assim como Líbero teve a oportunidade de ler a história da própria vida, os intrínsecos terão a oportunidade de escrevê-la. O brinde de março foi um caderno em branco, para os assinantes preencherem as páginas com as inúmeras aventuras e desventuras que encontrarão pelo caminho. Um diário para acolher os pensamentos que demandam ser lidos.

 

Gostou dessa caixa? Garanta a próxima! Todo mês enviamos um livro surpresa com brindes que expandem a experiência de leitura. A cada caixa um gênero diferente para você explorar diversos universos literários e sair da zona de conforto!

Assine agora.

Um comentário sobre “Você leria o livro da sua vida? Confira a caixa de março do intrínsecos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *