Limpar não precisa ser um fardo! Como a faxina pode se transformar em autocuidado

Como você encara a hora da faxina? Tédio? Cansaço? Obrigação? Se você disse ”sim” para as perguntas, temos uma lista especial para mostrar que o momento de limpeza pode (e deve!) ser uma oportunidade de autocuidado. Nos inspiramos na personagem Molly, de A camareira, e convidamos Suhellen Kessamiguiemon, dona do perfil Diário da Diarista , para falar sobre dicas e segredinhos incríveis para você cuidar do seu cantinho com leveza. 

Os assinantes do clube receberam o guia de limpeza em fevereiro no intrínsecos digital, um espaço interativo para aprofundar a experiência da leitura com artigos, sorteios, quiz, ilustrações, guia de leitura e todos os detalhes dos bastidores da caixinha.

Vamos lá?

Comecei a fazer faxinas por opção, pois sempre foi algo que gostei e sei fazer bem. Mas, até começar a trabalhar com isso, faxina pra mim era só limpar a casa. Hoje, depois de ter trabalhado com isso por dois anos, vi que a limpeza vai muito além de varrer o chão – tem a ver com tornar a sua casa um lugar de refúgio. E isso não deve ser um fardo. Precisamos encontrar um equilíbrio para manter as coisas em ordem, mas também ter tempo para fazer o que amamos.

Muitas pessoas (principalmente mulheres) veem sua casa como um peso. Desde sempre, o cuidado com o lar foi encarado como uma obrigação inevitável, recaindo sobre uma pessoa só. Me senti assim por muito tempo, exausta e sobrecarregada. Mas hoje, depois de mudar alguns conceitos, consigo ver a faxina de uma maneira diferente.

Para começar, você precisa ter em mente que:

Não existe limpeza ou organização permanente

Uma casa com vida, com pessoas, sempre terá o que arrumar ou limpar. Mas isso não significa que você precisa estar sempre arrumando ou limpando.

 

Muito tempo dedicado à faxina não é sinônimo de sucesso

 

Quando você decide limpar a casa inteira de uma vez, na metade do caminho já se sente exausto, não consegue terminar o serviço e fica frustrado. Ainda mais se precisar parar toda hora por algum motivo, como atender aos filhos, ao marido, trabalhar em home office etc…

Nas limpezas pesadas, o ideal é que você dedique mais ou menos duas horas por dia, separando por cômodos ou tarefas individuais. Mas vamos levar em conta que esse tempo pode variar de acordo com a realidade de cada um. A ideia é fazer as tarefas sem se sobrecarregar.

Você não precisa de vários produtos para uma limpeza eficaz

 

Desapegue do conceito de casa cheirosa = casa limpa. Isso é uma ideia da indústria da limpeza para vender mais produtos. A questão é: quanto mais produtos forem usados, mais processos deverão ser executados e mais tempo terá que ser dedicado às tarefas domésticas. Foque nos produtos básicos, como álcool 70, detergente neutro, água sanitária – e para quem é adepto aos produtos naturais: vinagre, limão e bicarbonato de sódio.

Defina um cronograma

Estabelecer prioridades e uma rotina facilita muito na hora de determinar o que você precisa fazer, o que você quer fazer e o que consegue fazer. Aceitar isso sem pirar já é meio caminho andado. Exemplo: eu quero trocar as cortinas, mas preciso lavar o banheiro, mas neste momento só consigo lavar a louça.

Definir um cronograma com as principais tarefas, mesmo que você não vá executar todas, te dá um norte e ajuda você a não se perder. Faça uma lista com as tarefas e distribua pelos dias conforme a sua disponibilidade. Há vários cronogramas disponíveis na internet, e no meu perfil @diario.da.diarista.

 

Peça ajuda a todos que moram na casa

 

Com um cronograma em mãos é muito mais fácil delegar tarefas. Faça com que todos participem! No começo pode ser difícil, afinal, arrumar a casa não é uma tarefa divertida. Mas esse momento pode se tornar mais leve e menos desgastante se todos colaborarem.

 

Coloque uma playlist bem animada

Cuidar da casa não é a oitava maravilha do mundo, mas também não precisa ser um martírio. Deixe o celular de lado para focar no que deve ser feito, chame geral para participar (se você mora sozinho pule essa parte) e se joga!!!

Se precisar de motivação, ouça minha playlist:

Aprenda a desapegar

Às vezes, a casa fica bagunçada por estar repleta de objetos que não têm nenhuma utilidade. Assim, não conseguimos abrir espaço para novas coisas nem para organizá-las.

Então, em primeiro lugar, reorganize o que você já tem para ter noção do que ainda te serve e selecione o que não tem mais utilidade. Você pode se perguntar: “Usei isso nos últimos seis meses?” Se a resposta for não, o item é um ótimo candidato para o desapego.

Após finalizar esse processo, organize o que restou mantendo em lugares acessíveis o que é utilizado com mais frequência. Deixe os itens que serão doados separados e à vista para que não caiam no esquecimento. Quanto mais rápido for esse processo de doação, melhor.

Sugiro fazer isso a cada seis meses para manter a organização e evitar acúmulos desnecessários. E sempre que for comprar algo, se pergunte: “Eu preciso disso?” E se realmente houver a necessidade de comprar, se pergunte: “Eu tenho onde guardar?” Dessa forma estará consumindo de maneira consciente.

 

DICAS MAROTAS

 

Para tirar o mofo

Use água sanitária com açúcar

Em 1 litro de água sanitária, coloque 1 xícara de açúcar. Deixe a roupa de molho na solução por cerca de 30 minutos e, em seguida, lave normalmente. A adição do açúcar à água sanitária evita que peças mais delicadas sejam danificadas.

Para lavar roupas e tênis branco

Use bicarbonato de sódio

Para tirar o amarelado e o aspecto envelhecido das roupas, encha um balde de alumínio com água fervente, acrescente uma colher de sopa de sal e uma colher de sopa de bicarbonato de sódio. Lave a peça com a mistura e, em seguida, enxágue bem com água limpa.

Para tirar manchas de roupas

Use água oxigenada

Adicione 1/2 xícara de água oxigenada na água da máquina de lavar. Utilize a água oxigenada 10 volumes, que não é muito forte e é suficiente para essa tarefa. Tome muito cuidado para não misturar roupas de cor na lavagem.

 

Para limpar pisos

Use vinagre de álcool, álcool e detergente

Você vai precisar de:

120 ml de vinagre de álcool

120 ml de álcool

1 colher de sopa de detergente neutro

 

Como fazer:

Dissolva os ingredientes em 1 litro de água. Umedeça um pano limpo na solução. Passe pano no chão como de costume.

O vinagre de álcool também pode ser usado para fazer um limpador multiuso caseiro

Essa receita pode ser usada em MDFs, vidros, espelhos e outros, mas evite borrifar diretamente na superfície.

Você vai precisar de:

1 colher (chá) de detergente

250 ml de vinagre de álcool

250 ml de álcool

1 colher (chá) de lustra-móveis

Como fazer: Coloque todos os ingredientes em um borrifador e agite até que a mistura fique homogênea. Deve ser armazenado longe da luz e do calor por até seis meses.

Pronto! Agora que você já é um expert em faxina, separe os produtinhos, aumente o som da sua playlist e deixe a sua casa do jeito que você sempre quis: limpinha e organizada.

Suhellen Kessamiguiemon, 35 anos, é uma mineira perdida no Rio de Janeiro, filha da Dona Ruth, esposa de Fabio e mãe de Giullia, Ester, Isabella, Gabriel e Lenwo. É diarista, pseudo digital influencer e subcelebridade da internet que hoje se aventura a influenciar pessoas de maneira positiva, divertida, caótica e realista, mostrando a vida como ela é, com suas dores e amores, dicas e trocas de experiências. É também idealizadora do projeto A diarista te conta, em que mostra para as pessoas que cuidar da casa não precisa ser uma tarefa pesada e solitária.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.