Caixa 042 traz obra de uma das principais autoras latino-americanas. Confira todas as pistas!

Em março, mês do Dia Internacional da Mulher, os assinantes do clube intrínsecos vão receber em casa um livro premiado de uma das autoras latino-americanas mais importantes da atualidade. E como a gente sabe que vocês adoram um bom spoiler, vamos contar mais um pouquinho sobre a nossa escolha. Vamos lá?


1. Livro aborda as relações complexas entre mãe e filha 

As relações entre mães e filhas são naturalmente complexas. Mas, no livro de março, você vai se deparar com uma perspectiva incomum da maternidade: o olhar de uma criança que é corroída aos poucos pela distância e indiferença da mãe. 

Com sensibilidade e uma dose de brutalidade, a obra retrata os impactos que os traumas familiares e as relações conturbadas podem exercer em um núcleo familiar. Para isso, a autora cria personagens para quem  o silêncio e a ausência são uma forma de estar no mundo. 

2. Autora capta questões femininas atuais

A autora é conhecida internacionalmente por criar personagens femininas  que enfrentam dilemas profundos sobre o espaço da mulher na sociedade. Temas como a maternidade e o casamento são constantemente destrinchados em suas obras. O interesse da autora gira em torno de captar traços hostis de personalidade e imprimi-los nos personagens. Esse interesse — e a literatura derivada dele — já lhe rendeu o título de “escritora de choque” e comparações com Charles Bukowski e Rubem Fonseca. 

3. É ideal para quem curtiu…

Se você curtiu as obras acima, tem 100% de chance de curtir o livro de março. Todas elas têm algo em comum: a complexidade das relações familiares pelo olhar dos filhos.

4. Retrata com exatidão os costumes de um continente

 

Costumes, cultura, hábitos e lendas são itens formadores de uma sociedade. Os personagens do livro de março evocam importantes elementos culturais da América Latina, retratando como as tensões familiares e o peso das tradições se confrontam com anseios e dilemas femininos.

5. Livro premiado e aclamado pela crítica

A obra venceu o Prêmio Alfaguara de Melhor Romance, um dos mais importantes da atualidade. Na edição, o concurso havia recebido 2.428 inscrições. 

6. Tem trecho inédito para você. Vem ver!

Agora que você já sabe um pouco sobre o livro de março, que tal ler um trecho exclusivo? 

‘’Meu aniversário caía nas férias do meio do ano, o dia da Independência, quando havia desfiles e as pessoas estavam fora da cidade, em suas casas de campo ou na praia. O máximo que podíamos fazer era comemorar em família e fomos a um restaurante.

Minha mãe, como em todos os anos, rememorou a gravidez. Sua barriga grande, os pés inchados, que a cada cinco minutos sentia vontade de ir ao banheiro, que não conseguia dormir e tinha dificuldade em se levantar da cama. As dores começaram no almoço. Eram a coisa mais horrível que já tinha sentido. Meu pai a levou para a clínica e lá ela sofreu a tarde toda, a noite toda, toda a manhã seguinte, a tarde seguinte toda de novo, sentindo que ia morrer, e mais uma noite inteira até a madrugada.

— Saiu roxa. Horrorosa. Colocaram ela no meu peito e eu, tremendo e chorando, pensei: meu esforço foi para isto?

Minha mãe deu uma risada tão grande que deu para ver o céu da sua boca, fundo e cruzado como o torso de uma pessoa desnutrida.

— A bebê mais feia da clínica — disse meu pai.

Ele e minha tia também riram mostrando a língua, os dentes, a comida por mastigar.

— A outra bebê que nasceu nesse dia era linda — disse ela.’’

Se você curtiu as pistas, é possível receber em casa esse livro incrível assinando o clube até o dia 28/02. Além disso, você vai aproveitar o MENOR PREÇO DE 2022. 

Clique aqui e saiba como assinar! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.