Podcast: A metade perdida, de Brit Bennett

No episódio deste mês do Sem Shrink, podcast do clube intrínsecos, Taila Lima, da Intrínseca, conversa com a jornalista Yasmin Santos (@yasminsmp) e a tradutora Thaís Britto sobre colorismo, passabilidade e a busca por uma identidade em A metade perdida, de Brit Bennett.

Enviado na caixa de março do intrínsecos, a narrativa do novo livro da autora de As mães tem início em Mallard, uma comunidade negra no sul dos Estados Unidos obcecada por gerações de habitantes com a pele cada vez mais clara e onde vivem as gêmeas Desiree e Stella Vignes. Quando as irmãs fogem de casa, aos 16 anos, não imaginam como essa decisão afetará para sempre suas vidas e seus relacionamentos.

A metade perdida é uma saga sobre as consequências imprevisíveis de nossas escolhas. Estreou no topo da lista de mais vendidos do The New York Times em 2020 e rapidamente se tornou um fenômeno literário.

Ouça o episódio:

Você pode adquirir o kit completo dessa caixa na loja intrínsecos, exclusiva para assinantes, ou garantir a obra nas livrarias e lojas on-line.

Recomendações mencionadas durante o episódio:

Livros
Marrom e amarelo, de Paulo Scott
Casta: As origens de nosso mal-estar, de Isabel Wilkerson
Colorismo, de Alessandra Devulsky
A cor púrpura, de Alice Walker

Filme
A Vida Invisível, dirigido por Karim Aïnouz

Série
Cara Gente Branca, da Netflix

Podcasts
Vidas negras
Sem Shrink: A dança da água, de Ta-Nehisi Coates

Quadro
A redenção de Cam, de Modesto Brocos

 

 Confira os episódios anteriores do nosso podcast nas principais plataformas:

Spotify | Apple | Deezer | CastBox | YouTube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *