Retrospectiva: confira as histórias maravilhosas que enviamos em 2018

Em outubro de 2018 teve início o intrínsecos, e desde então enviamos para nossos assinantes livros muito diferentes e especiais.

Nossa primeira caixinha trouxe O desaparecimento de Stephanie Mailer, de Joël Dicker. Recheado de reviravoltas e personagens instigantes, o romance policial mostrou que nada é exatamente o que parece. Junto com a revista e o brinde – um pacote de evidências com uma caneta personalizada –, os leitores mergulharam no livro e descobriram mil e uma coisas sobre histórias criminais.

Em novembro foi a vez de Os prós e os contras de nunca esquecer, de Val Emmich, um livro sobre música, amizade e a natureza das memórias. Joan, uma criança doce e corajosa, nos encantou desde as primeiras páginas e com certeza não será esquecida pelos intrínsecos. O marcador enviado tem trechos da música que a menina compõe ao longo do livro e o brinde foi um de seus diários, usados para anotar as lembranças daquele mês.

Para fechar o ano com chave de ouro, dezembro trouxe O construtor de pontes, de Markus Zusak, o primeiro livro do autor desde A menina que roubava livros. Emocionante e poética, a história acompanha uma família dilacerada pela dor e a tentativa de um menino de atar presente e passado, perdão e amor. Como em dezembro a Intrínseca comemorou seu aniversário de 15 anos, enviamos uma caixa com muitos brindes extras. Teve ecobag, minilivros para enfeitar a árvore de natal, uma resma para anotações, pin e adesivos!

Se você não quiser perder mais nenhuma caixa, corra para garantir a próxima! Cada kit traz um livro inédito em capa dura, revista com conteúdo extra, marcador e brinde. Garanta já sua caixa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *